Header Blog do Max

   

 Portas: tudo que você precisa saber!

Pivotante, lado direito, esquerdo, madeira ou alumínio? Confira um manual completo para auxiliar seus clientes

A escolha de esquadrias, batentes e guarnições geralmente é feita pelo dono do imóvel, até mesmo por preferências pessoais, orçamento disponível e design do ambiente. No entanto, cabe ao profissional da construção auxiliar nessa escolha, indicando materiais e tirando dúvidas dos clientes. 

Para auxiliar neste momento, confira abaixo as principais informações que você deve dar ao cliente para ajudá-lo nessa importante escolha!

Tipo de material

Além da beleza e da preferência pessoal de cada um, existem outras questões a se analisar ao escolher o tipo de material que será comprado, como em qual ambiente será feita a instalação e a região em que o imóvel se encontra. 

Entre os principais materiais, vamos considerar as portas de madeira e de alumínio: 

Portas de madeira

É quase unânime o seu uso em ambientes internos como dormitórios e banheiros. Pode ser oca ou maciça. Para fachadas, recomenda-se a porta maciça devido à sua maior durabilidade. Necessita de acabamento como verniz ou pintura e não é resistente à umidade.

Portas de alumínio

São muito utilizadas em áreas externas como cozinhas, portas balcão ou quintais, especialmente por serem muito resistentes a água, ferrugem e maresia. Não requer manutenção como repintura, mas costuma ter preço um pouco maior do que a de madeira.

Modelo de porta

Entre as portas de madeira e de alumínio, existe uma infinidade de modelos:

Lado direito ou esquerdo?

Uma dúvida muito frequente entre os consumidores é quando perguntamos se ele deseja uma porta lado direito ou esquerdo. Essa questão diz respeito ao lado para o qual a porta irá abrir, envolvendo a fechadura e as dobradiças na escolha. 

A forma mais simples de saber exatamente o que seu cliente deseja é fica do lado de fora do ambiente que será trancado pela porta e simular a abertura. 

Fora isso, algumas situações devem ser observadas:

- Ambientes pequenos, banheiros acessíveis e saídas de emergência devem abrir para fora do ambiente. 

- Por questões de segurança com as dobradiças, em portas externas indique a abertura para dentro. 

Agora você já pode orientar seu cliente e ajudá-lo a tomar a melhor decisão na escolha das portas do imóvel. Continue acompanhando todas nossas dicas aqui no blog e até a próxima!


assinaanewsletter          seloobraecompromisso       facebook instagram youtube