Header Blog do Max

   

 Gestão de estoque: 4 dicas rápidas

Confira os principais pilares para manter sua loja sempre abastecida

Administrar uma loja, mesmo de pequeno porte, envolve diversos fatores cruciais para atingir o sucesso. Uma tarefa imprescindível para ver seu negócio prosperar é fazer a gestão de estoque adequadamente.

Engana-se quem pensa que a gestão correta e eficaz de estoque é mais importante em grandes lojas. Em pequenos empreendimentos ela se torna ainda mais importante, seja pela falta de espaço físico, menor giro de mercadorias ou o menor poder de barganha com fornecedores. Por isso, confira 4 dicas rápidas para otimizar esse processo.

1. Monitoramento de estoque

Monitorar o estoque é o item primordial para gerir adequadamente a sua loja. Não há como prever a demanda, repor materiais adequadamente ou saber quando liquidar produtos sem saber exatamente o que há em sua loja e há quanto tempo esse produto está na prateleira.

Controle rigorosamente entradas, saídas e transferências de produtos para então monitorar e controlar seu estoque.

2. Previsão de demanda

Apesar de existirem atacados da construção com entrega no dia seguinte, que facilitam muito na hora que faltam produtos para venda, é importante se atentar à demanda dos produtos, para não ter estoque em excesso nem em falta.

Analise o histórico de venda de cada mercadoria e defina como e quando será feita a reposição. Além disso, fique atento às demandas temporais e ações de divulgação que você faz, pois o clima e a propaganda podem influenciar no volume de vendas de determinados produtos.

3. Quantidade de estoque

Ao criar um processo de compra e reposição, observe detalhes importantes como o tempo de entrega dos materiais e sua saída. Com essas informações em mãos, é mais difícil se empolgar em saldões e acabar comprando muitos produtos que não são revendidos tão facilmente.

Neste quesito, também lembre-se sempre de atacados que possuem grande disponibilidade de estoque, retirada na hora e entrega no dia seguinte. Eles são grandes aliados para não acumular produtos nem ficar em falta deles.

4. Ouça seus clientes com inteligência

Ouvir os clientes também é importante para a gestão de estoque. Analisar o que eles desejavam comprar e não encontraram em sua loja pode ser um balizador para futuras compras. No entanto, faça essa análise com cuidado, mensurando preço, lucro, quantidade de clientes que procuram e alternativas ao produto.

Seguindo as quatro dicas acima você começa a praticar a gestão de estoque e poderá ver muitas mudanças positivas no seu negócio! Continue acompanhando o Blog do Max para mais dicas para pequenos lojistas! Até a próxima!


assinaanewsletter          seloobraecompromisso       facebook instagram youtube