Portas de correr

Precisa comprar uma nova porta, mas não sabe qual modelo escolher? Não se preocupe, no artigo de hoje falamos sobre a porta de correr, um tipo de esquadria ideal para quem quer otimizar espaços compactos sem perder na praticidade e qualidade no dia a dia. 

Como o nome indica, as portas de correr abrem de forma horizontal deslizando, geralmente, sobre um trilho e de maneira paralela a uma parede.

Além do aspecto visual marcante, a porta de correr traz diferentes benefícios para quem investe na esquadria, como economia de espaço e flexibilidade na integração/separação de ambientes.

Quer usufruir dessas vantagens e muito mais? Continue a leitura, pois explicamos tudo o que você precisa saber antes de comprar a sua porta de correr!

O que é a porta de correr?

A porta de correr é um tipo de esquadria fixada por trilhos na sua parte superior e inferior, e a sua abertura é realizada pelo deslizamento nesse trilho.

Ou seja, as suas folhas praticamente não ocupam espaço, privilegiando toda a área livre da casa. 

Na questão do espaço, a vantagem fica clara quando comparamos o modelo de correr com a porta tradicional, por exemplo. Enquanto uma esquadria convencional demanda um espaço específico para ser aberta, a porta de correr apenas desliza lateralmente sem invadir a área útil ao seu redor.

Além disso, também precisamos destacar a flexibilidade na integração e separação de ambientes, a explicação é simples: quando abertas, as portas de correr favorecem a integração entre diferentes cômodos da casa, conferindo uma sensação de amplitude no espaço. Por outro lado, para recuperar a privacidade, basta fechá-la e os ambientes são separados. 

Como funciona a porta de correr

Como funciona a porta de correr

O funcionamento da porta de correr é bastante simples, mas é essencial contar com um bom kit de ferragens para portas com os seguintes itens: conjunto de trilho, roldanas, pino guia e baguete.

Abaixo veja alguns detalhes sobre esses componentes: 

  • Trilho: suporte para as roldanas, sendo usado para facilitar o deslizamento da porta;
  • Roldanas: outro componente que desempenha um papel importante e que faz a porta deslizar com praticidade; 
  • Pino Guia: acessório utilizado para impedir que a porta saia do trilho e da baguete;
  • Baguete: suporte inferior por onde a porta desliza.

Além desses componentes, também precisamos falar sobre os marcos para a porta de correr. 

  • Marco de correr embutido: nesse tipo, a porta de correr desliza rente à parede;
  • Marco de correr externo: aqui, por outro lado, a porta desliza de forma mais distante em relação à parede.

Entre os dois tipos, existem vantagens e desvantagens. O marco de correr embutido, por exemplo, exige uma reforma na parede, caso ela não tenha sido construída pensando previamente na instalação desse marco.

Já o marco de correr externo, em contrapartida, é mais fácil de instalar, pois a parede não precisa ser reformada. 

De maneira geral, os especialistas em decoração costumam indicar o marco de correr embutido por conta de seu ótimo apelo estético, mas o marco de correr externo também é aproveitado com bastante frequência.

Quando usar uma porta de correr

As portas de correr são indicadas principalmente para locais em que é preciso economizar e otimizar o espaço. Nesse contexto, é comum vermos as portas de correr sendo aproveitadas em corredores, salas e quartos.

Porém, o seu uso não é limitado somente para esse tipo de ambiente, afinal, trata-se de uma esquadria muito versátil e que pode ser usada de inúmeras formas para valorizar a decoração da sua casa, comércio ou escritório. 

Informação importante: caso o ambiente tenha alta circulação, talvez a porta de correr não seja a melhor opção, uma vez que o deslizamento para abertura é mais demorado do que uma porta tradicional.

Tipos de porta de correr

Uma das grandes vantagens das portas de correr é a variedade de modelos, uma vez que elas podem ser fabricadas com diferentes materiais, espessuras, tonalidades, etc. 

Para escolher entre os diversos tipos de porta, você deve analisar o ambiente da instalação e qual estilo deseja transmitir. 

Cada material apresenta pontos fortes e fracos, então, pesquise cuidadosamente antes de tomar essa decisão. 

Em resumo, você deve estudar o lugar de instalação, a proposta do projeto e o custo benefício dessas opções.

Abaixo comentamos os principais materiais para fabricação de portas de correr:

Porta de alumínio

As portas de correr de alumínio são excelentes para ambientes externos, afinal, o seu material é extremamente resistente às intempéries, como chuva, vento e calor. Geralmente elas são instaladas com detalhes em vidro para aproveitarem a luz natural. 

Porta de madeira

Tanto a madeira quanto o MDF também são materiais frequentemente usados na fabricação de portas de correr, sendo indicados prioritariamente para ambientes internos, já que madeira e umidade não combinam muito bem. 

Nesse caso, vale a pena apostar na porta de correr de madeira em áreas como quartos, salas e escritórios. 

Porta de vidro

Porta de correr de vidro

Bastante versátil, a porta de correr de vidro traz muita elegância para os ambientes, permitindo o seu uso em diversos espaços, como escritórios comerciais, varandas gourmet e em outros lugares que a sua criatividade permitir. 

Caso se preocupe com a exposição, é possível investir em uma solução opaca para aumentar a privacidade no cômodo. 

Como escolher uma porta de correr

Depois de conhecer os componentes e os principais materiais para a fabricação desse tipo de esquadria, chegou a hora de descobrir como escolher uma porta de correr.

Para essa tarefa, você precisa levar 4 pontos em consideração: local de instalação, lado da porta, tamanho e preço.

Vamos entender cada um desses aspectos abaixo?

Local de instalação

Local de instalação da porta de correr

Embora tenham modelos indicados para uso externo, a priori, as portas de correr são mais indicadas para ambientes internos, pois assim ficam bem protegidas contra as intempéries. 

Diferentemente de uma porta suspensa por dobradiças no batente, as de correr demandam um pouco mais de cuidado, pois não apresentam a mesma firmeza. Ou seja, chuva e ventania forte podem comprometer, aos poucos, a estrutura da porta.

Lembre-se que, dependendo do material escolhido, o ambiente de instalação não poderá sofrer com sol intenso ou chuva.

Para ilustrar, diante de intempéries, o aço enferruja, a madeira empena, o MDF incha e estoura, e o vidro pode rachar.

Lado da porta

É essencial que você se atente também ao lado da porta, em outras palavras, para onde ela desliza na hora da abertura. 

Essa tarefa é bem simples: vá até o local onde a porta será colocada, depois posicione-se na parte exterior da porta e simule a sua abertura.

Quando a folha da porta correr para o lado esquerdo, a porta será esquerda. Quando for para o lado direto, ela será direita. 

Tamanho da porta

O tamanho da porta de correr varia bastante entre os modelos, mas as medidas mais comuns são de 72 ou 82 cm de largura e 2,10 m de altura. 

Entretanto, você também encontra no mercado modelos mais estreitos, com 62 de largura ou até mesmo opções mais largas com 92 cm. 

Fora destes padrões, na maioria das vezes, devem ser feitas sob encomenda.

Preço

O preço da porta de correr também é um elemento importante no momento de escolher o melhor modelo. 

Então, avalie o orçamento disponível e o custo-benefício que cada material oferece.

Aqui na Obramax, trabalhamos com diversos modelos de porta de correr com os melhores preços do mercado. 

Adquira a sua porta de correr na Obramax.

Como instalar porta de correr

  • Passo 1: Coloque a porta no lugar de instalação;
  • Passo 2: Utilize cunhas para "travar" a porta;
  • Passo 3: Umedeça o batente e a parede;
  • Passo 4: Utilize a espuma expansiva de PU para chumbar no lado interno e externo;
  • Passo 5: Após a secagem da espuma, remova o excesso utilizando um estilete;
  • Passo 6: Utilize pregos sem cabeça para prender as guarnições na porta e tirar as medidas;
  • Passo 7: Utilize uma serra circular para cortar os excessos e deixar as pontas com 45º;
  • Passo 8: Pregue as guarnições.
  • Passo 9: lixe as guarnições e envernize a madeira.

Conclusão

Ao longo desse conteúdo, você conheceu melhor a porta de correr, um tipo de esquadria muito útil para ambientes compactos e também amplamente usado para compor a decoração de uma forma impecável.

Siga as nossas dicas para escolher o modelo mais adequado para o seu projeto e garanta um projeto incrível para o cliente.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog do Max, não deixe de conferir!