Areia para construção principais tipos

Um dos materiais mais essenciais e básicos  para iniciar uma obra é a areia para construção.

De modo geral, para uso na construção civil, existem basicamente três tipos de areia: fina, média e grossa, mas também é possível encontrar por outra classificação, que segmenta as areias de construção em areia lavada, usinada e areia reciclada.

Cada uma tem seu uso específico, diferenças de granulometria e outras características que interferem no resultado de cada etapa de uma obra, como o uso em concreto ou argamassa.

Todas essas características e especificidades você vai aprender com todos os detalhes neste post sobre os tipos de areia para construção! Vamos lá? 

Encontre na Obramax as melhores opções de areia, pedra e agregados para sua obra e compre online!

Quais são os tipos de areia para construção?

Os três tipos principais de areia para construção são a areia fina, areia média e areia grossa. O que determina se a areia é fina, média ou grossa é a sua granulometria, ou seja, o tamanho de seus grãos. 

Conforme o tamanho dos grãos ela vai ser mais (ou menos) recomendada para cada traço. Essa característica define se o material é um tipo de areia de reboco ou areia para contrapiso.

Porque, de acordo com o tamanho do grão, a areia para construção escolhida pode ser a melhor areia para assentamento de tijolo ou para misturar argamassa com areia, por exemplo. 

Falando em tipos de traço, você sabe porquê utilizamos areia junto ao cimento e à água? 

O cimento em contato com a água evapora muito e, consequentemente, perde-se muito líquido nesta união. 

Para evitar patologias na construção, como fissuras e trincas, inclui-se a areia na mistura, que é inerte, ou seja, não reage no processo químico entre água e cimento. 

Assim, a areia aumenta o volume do preparado e retém a água, evitando fissuras e trincas.

Voltando para as diferenças entre areia fina, média e areia grossa, reforçamos o que você deve saber como principal: conforme sua granulometria, a areia trará melhores resultados em cada etapa da construção. 

Por isso é importante conhecer os três tipos e suas principais aplicações.

Areia fina

Esse tipo de areia para construção é a opção de menor granulometria. Se na hora da compra você ficar em dúvida sobre para que serve a areia fina e se é a melhor opção para a sua obra, lembre-se da indicação de uso de cada tipo.

A areia fina é usada principalmente para acabamento interno e reboco, isso porque ela confere um melhor aspecto visual para finalizar com massa ou tinta.

Por conta disso, o reboco precisa ser mais fino e o esboço mais trabalhado para receber as camadas de acabamento da preparação da pintura da parede.

Os grãos de areia fina possuem, em média, entre 0,05 a 0,42mm de gramatura.

Areia média

O principal uso da areia média na construção é para o preparo de argamassa usada no assentamento de tijolos e blocos e chapisco. 

Mas em algumas obras, a areia média também é usada para traço de concreto, para o preenchimento de pilares, vigas e, em casos muito específicos, também é usada para construção do contrapiso, mas não é o comum.

A gramatura da areia de construção do tipo média é de 0,42 a 2mm.

Dica para lembrar: na dúvida sobre qual areia usar para para assentamento de tijolos e blocos, procure nos atacados de construção pela areia média, pois o acabamento será mais adequado.

Leia também: Como preparar argamassa? Técnicas e quantidade por m²

Areia grossa

Se você precisa buscar online ou ir até um atacado de construção para saber qual areia usar para contrapiso ou qual areia para concreto, a resposta que você deve encontrar é essa.

A areia grossa é a única opção utilizada exclusivamente para concreto e contrapiso

Ela pode ser utilizada para fazer concretagem de diversos itens, como pilares e vigas. 

Embora a areia média possa também ser usada para alguns tipos de contrapiso e concreto, o contrário não é recomendado.

A areia grossa não é indicada para acabamentos ou no assentamento de blocos e tijolos, uma vez que o resultado não ficará adequado.

O diâmetro da areia grossa varia de 2 a 4mm.

Areia para construção: como escolher o melhor tipo?

Areia para construção

Para escolher o melhor tipo de areia para construção, é importante entender quais são as diferenças entre cada opção (fina, média e grossa) e as classificações para entender qual a melhor areia para cada tipo de serviço.

A areia para construção é um material essencial dentro de uma obra, mas a escolha não é tão simples, pois apesar de ser um material comum, a compra adequada faz toda a diferença no acabamento de uma obra.

Isso porque a areia para construção é usada para concreto e argamassas que são usadas em assentamento de tijolos, construção de vigas, pilares, lajes, rebocos e diferentes tipos de traços que também são usados para acabamentos de paredes ou contrapisos.

No uso para concreto, por exemplo, a areia é conhecida também como um agregado miúdo como uma diferenciação para a pedra britada, conhecida como agregado graúdo.

A areia tem origem do resultado da desagregação de rochas, que pode ser extraída em processos naturais ou pela ação do homem, por processos mecanizados para britagem de rochas.

Contudo, é importante saber que nem todo agregado miúdo de rocha é chamado de areia, somente o produto de desagregação das rochas, que passa pelo processo de peneira em abertura de malha com no máximo 4,8mm é denominado de areia.

Na natureza, a areia é encontrada em portos de areia de rios ou em minas, sendo esse tipo conhecido de areia de cava ou de barranco.

Esse tipo de areia para construção costuma ter um bom custo-benefício em relação ao custo, mas podem apresentar algumas impurezas, necessitando de um processo mais rigoroso para peneirar demais resíduos.

Além dessas dicas, confira o que a Tatiana Farias, embaixadora da Obramax e do Canal Obra é Compromisso, traz no vídeo abaixo, sobre qual a areia usar no concreto ou argamassa e o que levar em consideração para não errar na hora de comprar areia para construção de sua obra:

Conheça os tipos de areia para construção mais utilizados

Conheça os tipos de areia

A areia para construção, como vimos, é um agregado miúdo resultado da fragmentação de rochas como sílica, calcário, granito, basalto e outras rochas. 

O tipo mais comum de areia usada na construção civil é do quartzo, mas dependendo do tipo da composição da rocha de origem, a areia pode conter outros minerais. 

Esse conhecimento mais técnico sobre a origem da areia da construção civil também pode ajudar na hora de entender qual o melhor para cada obra.

E além de escolher pelo tipo de granulometria, que diferencia a areia fina da areia média e grossa, você também encontrará a classificação por areia lavada, areia usinada e areia reciclada. Entenda cada tipo:

Areia lavada

A areia lavada é de longe a mais utilizada para obras e serviços comuns. Depois de ser extraída dos rios através de dragas de sucção, o material sólido é separado da água através de um processo de decantação.

Em seguida ele é peneirado para que sejam eliminadas as pedras e vegetação que eventualmente fiquem na mistura. Por isso, é possível encontrá-la em três formas no mercado: fina, média e grossa.

Entenda a diferença entre a areia lavada fina, média e grossa a seguir:

 

  • Areia lavada fina: a areia lavada fina é aquela cujos grãos têm diâmetros que variam de 0,05 milímetros e 0,42 milímetros. Ela é a mais indicada para a fabricação de argamassas para revestimentos internos, como reboco fino e liso.
  • Areia lavada média: a areia lavada média é aquela cujos grãos têm um diâmetro que varia de 0,42 milímetros e 2 milímetros. Ela é mais utilizada para a produção de concreto e argamassas de assentamento de blocos e tijolos;
  • Areia lavada grossa: por fim, a areia lavada grossa é aquela que possui grãos com diâmetro entre 2 milímetros e 4 milímetros. É mais utilizada para a fabricação de concreto, argamassas e chapisco.

 

Areia usinada

Já a areia usinada, também conhecida como areia industrializada ou areia de brita, é feita através da britagem das rochas em um processo mecânico e controlado.

Uma das grandes vantagens da areia usinada é que ela pode ser usada para substituir a areia lavada atendendo a todos os rigores técnicos e operacionais.

Outro ponto positivo da areia usinada é que ela é muito mais sustentável, pois a sua produção gera menos impactos ao meio ambiente de maneira geral.

Como a fragmentação da rocha é mecânica e controlada, ela é tida por muitas pessoas como uma areia artificial, mas ela funciona da mesma forma que a areia lavada.

Esse tipo de areia vem ganhando cada vez mais espaço no mercado da construção civil por conta do esgotamento de várias jazidas naturais de areia.

Além disso, nos últimos anos houve um aumento das restrições para retirada de areia dos leitos dos rios, o que é ótimo para o meio ambiente, pois esse tipo de ação humana pode acabar provocando o assoreamento dos rios.

Areia reciclada

Por fim, a areia reciclada é aquela que é proveniente de entulhos, materiais de demolição e outros tipos de resíduos de construção de classe A.

Ela tem as mesmas características físicas e granulação da areia lavada, com a única diferença de que pode conter algumas partículas de cimento, o que, na maioria dos casos, não vai afetar o resultado final da sua obra.

Uma das grandes vantagens da areia reciclada perante as areias lavada e usinada é que ela é bem mais barata do que as outras alternativas.

Além disso, muito mais do que a areia usinada, a areia reciclada causa os menores impactos ambientais, pois, como o nome já indica, ela é feita de material reciclado.

Entretanto, é muito importante que fique claro que, até o presente momento, esse tipo de areia só deve ser usada como assentamento de alvenaria de vedação, calçadas, contrapisos e revestimentos.

Entretanto, existem expectativas de liberação para o uso em para funções mais estruturais no futuro próximo.

Leia também: Tipos de tijolos: o guia sobre o assunto + perguntas respondidas!

Como comprar areia para construção?

De modo geral, em obras menores, a compra da areia para construção é feita por volume, em metros cúbicos (m³), ou por quilo (Kg). Para projetos maiores, é comum a compra de areia por caminhão. 

Embora seja bastante comum dessa forma, a compra da areia por caminhões apresenta um problema bastante comum, que é a falta de precisão da quantidade de areia adquirida, já que a areia pode vir compacta ou solta.

Para evitar qualquer tipo de problema com o fornecimento de areia para construção de sua obra ou reforma, é fundamental contar com os melhores fornecedores de materiais e pesquisar os melhores preços.

Na Obramax você encontra diversas opções de materiais para sua obra: areia, pedra e agregados a pronta-entrega e com a opção de comprar online!

Conclusão

Nesse conteúdo, buscamos mostrar os principais pontos principais sobre como escolher a melhor areia para construção de acordo com a finalidade de uso.

Embora pareça ser um elemento simples, a areia acaba sendo um dos materiais mais fundamentais em qualquer construção e compra da opção errada pode comprometer a qualidade da obra.

Como vimos, existem três tipos principais divididos de acordo com a granulometria, que é a areia fina, média e grossa, mas também existe a divisão de acordo com a pureza do material, processo de extração e processo de fabricação e tratamento industrial.

Além de escolher o tipo certo de areia para construção, também é importante ter cuidado com a qualidade da areia, pesquisando pelos fornecedores que têm garantia de boa procedência.

Também é fundamental tomar cuidado com o armazenamento, para não acabar tendo prejuízo de material.

Se você já decidiu o tipo de areia que precisa, não deixe de conferir na Obramax, sua loja de materiais de construção.

Continue acompanhando o Blog do Max e se inscreva no canal Obra é compromisso para não perder nenhuma das dicas de nosso time de embaixadores. Até mais!